Automatizador – Tarefas

Regras de automação para tarefas

A primeira coisa que você deve fazer é:

Acessar o módulo AUTOMATIZADOR:

  1. No menu principal, clique em “Automatizador” (1).
  2. Clique no botão “Adicionar” (2).

Em seguida, na nova janela pop-up, defina:

    1. Descrição da nova regra de negócios.
    2. Módulo a determinar:
      1. Tarefas.
      2. Armazém.
      3. Solicitações de serviço.
    3. Submódulo:
      1. Tarefas> OS.
      2. Armazém> Ações.
      3. Solicitações de serviço> Minhas solicitações.
      4. Configuração> Gerenciamento de Documentos.
    4. Evento para acionar a regra de automação.
    5. Condições para que a regra de automação possa ser atendida.
    6. Ação ou ações a serem tomadas quando as condições exercidas pelo evento selecionado forem atendidas.

    Etapas para criar nossa primeira regra de OSs:

    1. Depois de definir o nome da regra em conjunto com o módulo (Tarefas) e o submódulo (OSs), continuamos a definir o evento:
    2. Selecionar:
      1. Nova ordem de serviço, ou seja, quando uma nova OS é criada.
      2. Ordem de serviço em processo, ou seja, quando uma OS está no estágio de processo.
      3. Ordem de serviço em revisão, ou seja, quando uma OS está no estágio de revisão.
      4. Ordem de serviço concluída, ou seja, quando uma OS está no estágio de Concluído.
      5. Tarefas Expiradas em OSs, isto é, tarefas com prazos expirados.

3. Ative a caixa de condições, selecionando pelo menos uma opção. São elas:

  • Sem condições.
  • Pelo menos uma é verdadeira: isto é, qualquer número de condições pode ser adicionado, mas quando pelo menos uma for verdadeira, essa será o acionador para que a regra criada seja aplicada.
  • Todas são verdadeiras: ou seja, todas as condições estabelecidas devem ser atendidas para que a regra criada seja aplicada.

4. Clique em “Adicionar condição”.

5. Defina selecionando a condição, são elas:

  • Responsável pela Ordem de Serviço.
  • Localização do ativo vinculado à ordem de serviço.
  • Tipo de ativo vinculado à ordem de serviço.
  • Código do ativo vinculado à ordem de serviço.
  • Tipo de ativo ou tipo de tarefa, Exemplo:
    • Tipo de Equipamento: Motor
    • Tipo de Tarefa: Preventiva.
  • Prioridade ou nível de criticidade do ativo ou tarefa.
  • Classificação 1 e 2 do ativo ou tarefa.

No exemplo a seguir, será aplicada a regra de negócios por tipo de ativo.

6. Selecione a operação lógica.

7. Finalmente, defina a variável que vai aplicar a condição principal.

8. Clique no botão “Salvar” para validar a condição criada e também para criar outra, se necessário.

9. Selecione a ação a ser executada, clicando primeiro em “Adicionar ação”.

10. As ações a serem realizadas são:

 

  • Envie e-mail para o seguinte endereço de e-mail, ou seja, qualquer um em particular.

  • Enviar e-mail para a pessoa responsável pela Ordem de Serviço.

 

  • Envie e-mail para um grupo de notificações, para saber como criar um grupo de notificações, clique aqui.

 

11. Termine clicando no botão “Salvar” para salvar a ação a ser executada se as condições da regra de automação forem atendidas.

12. Após a conclusão, a regra de automação é ativada no módulo principal de automatizador.

 

Depois que a regra de automação é ativada de acordo com suas condições e ações, o alerta para o e-mail do destinatário é exibido. Exemplo:

 

Etapas para criar nossa primeira regra de tarefa de retorno:

  1. Depois de definir o nome da regra em conjunto com o módulo (Tarefas) e o submódulo (Tarefas pendentes), continuamos a definir o evento:
  2. Selecionar:

Tarefas pendentes com atraso, isto é, quando uma tarefa excede sua data de planejamento sem gerar uma Ordem de Serviço.

3. Ative a caixa de condições, selecionando pelo menos uma opção. São elas:

  • Sem condições.
  • Pelo menos uma é verdadeira: isto é, qualquer número de condições pode ser adicionado, mas quando pelo menos uma for verdadeira, essa será o acionador para que a regra criada seja aplicada.
  • Todas são verdadeiras: isto é, todas as condições devem ser atendidas para que a regra criada seja aplicada.

4. Clique em “Adicionar condição”.

5. Defina selecionando a condição, são elas:

  • Localização do ativo vinculado à ordem de serviço.
  • Código do ativo vinculado à ordem de serviço.
  • Prioridade ou nível de criticidade do ativo ou tarefa.
  • Um dia ou mais de atraso.
  • 3 dias ou mais de atraso.
  • 5 dias ou mais de Atraso.
  • 15 dias ou mais de Atraso.
  • 30 dias ou mais de Atraso.
  • No exemplo a seguir, a regra de automação aplicada será a de 5 dias ou mais em atraso.6. Clique no botão “Salvar” para validar a condição criada e também para criar outra, se necessário.

7. Selecione a ação a ser executada, clicando em “Adicionar ação”.

8. As ações a serem realizadas são:

  • Envie e-mail para o seguinte endereço de e-mail, ou seja, qualquer um em particular.

 

  • Envie e-mail para um grupo de notificações, para saber como criar um grupo de notificações,  clique aqui.

 

11. Termine clicando no botão  “Salvar”  para salvar a ação a ser executada se as condições da regra de automação forem atendidas.

 

Depois que a regra de automação é ativada de acordo com suas condições e ações, o alerta para o e-mail do destinatário é exibido. Exemplo: